Produtos encontrados: 10 Resultado da Pesquisa por: em 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 10 Resultado da Pesquisa por: em 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

 

O cubo para baixo é um tipo de amplificador específico encontrado no mercado em diversos modelos e diferentes tipos de capacidade. Esse aparelho possibilita que o som do contra baixo seja ouvido com melhor qualidade.

Inventado por Leo Fender, nos anos 50, o baixo elétrico só começou a se popularizar na década seguinte. Esse instrumento produz sinais elétricos, a partir da vibração de suas quatro cordas, que são conduzidos ao cubo onde serão amplificados.

Dicas para comprar cubo para contra baixo

Quando uma banda se apresenta em um grande show, o cubo para baixo se faz necessário, mas esse equipamento não é o mesmo que um baixista iniciante utiliza nas aulas do instrumento. Existem capacidades variadas e elas são adequadas para distintas situações.

  • Até 50w: cubos com essa potência são recomendados para estudo por seus poucos recursos e sonoridade limitada
  • De 50 a 150w: ideal para apresentações em espaços pequenos ou ensaios
  • Acima de 150w: São perfeitos para grandes shows

Escolha sempre cubo específico para baixo

Cada instrumento tem sua própria frequência sonora. Por esse motivo, os cubos são desenvolvidos especialmente para potencializar o timbre deles. Além disso, esses tipos de amplificadores possibilitam realizar efeitos e distorções. Na prática, você pode até colocar seu baixo conectado a um cubo para guitarra. Mas, não espere um resultado tão bom quanto seria obtido com um cubo para contra baixo.

Iniciantes devem investir em cubos para baixo mais baratos

Ter um cubo para baixo é de suma importância, mas você não precisa comprar o mais caro do mercado. Existem modelos de qualidade que são voltados para quem está aprendendo. Para quem começou a tocar recentemente ou ainda tem dúvidas quanto a ser baixista, esse tipo de cubo é o mais recomendado. Afinal, não vale a pena comprar um equipamento profissional quando ainda se encara o contra baixo como hobby.

Troque de cubo de acordo com sua experiência

Quando você começa a tocar contra baixo ainda não sabe muito bem as possibilidades que esse instrumento oferece. Com o passar do tempo, você adquire mais experiência e conhecimento para desenvolver seu estilo próprio. Muitas vezes, a potência do seu cubo não acompanha. É nesse momento que está na hora de trocar de amplificador.

Cubos para contra baixo são indispensáveis nos shows

Quem toca baixo não pode abrir mão de usar cubos em apresentações. Isso porque a maior parte dos sistemas de sonorização mais simples não conseguem fazer uma reprodução de qualidade dos sons desse instrumento. Mesmo com a presença de PAs, que são de qualidade, é mais garantido usar o cubo porque facilita escutar o próprio som.

Posicionamento do cubo para contra baixo em apresentações

O cubo para baixo precisa estar posicionado de forma que fique alguns metros atrás do músico. Caso esse amplificador seja a única fonte de som no palco, a recomendação é que ele fique virado, ao mesmo tempo, para a plateia e para o baixista.

Distância entre baixista e cubo

A localização correta do cubo no palco faz toda a diferença na hora de tocar ao vivo. Como o contra baixo produz sons mais graves, o comprimento de suas ondas é grande. Só para se ter uma ideia, certas frequências podem chegar a 3 metros. Por essa razão, o ideal é que o músico fique a essa distância do cubo do instrumento. No caso de palcos pequenos, a solução, para manter um som de qualidade, é aumentar o volume (na distância certa não é necessário colocar tão alto).

  • 1 metro: É o mínimo de distância que precisa ter entre o músico e o cubo para baixo
  • Até 3 metros: Distância ideal para ter uma boa audição em shows. Mas, tudo depende do tamanho do palco
  •  Mais de 3 metros: Essa distância só é utilizada se o palco for realmente grande. Isso porque nesses casos, o volume de cada instrumento não precisa ser tão dosado assim

Alto-falantes

Lugar de cubo definitivamente não é no chão. Caso isso ocorra, você notará que o som dos instrumentos se confundirá nos seus ouvidos (mesmo que os alto-falantes estejam corretamente posicionados na direção dos seus ouvidos). Sem contar que precisará aumentar o volume do equipamento consideravelmente. A dica, para que isso não ocorra, é utilizar um suporte próprio para que o cubo seja colocado, ao menos, numa cadeira.

Outra opção é comprar cubo para baixo que tenha um corte inclinado na parte de trás. Esses modelos podem até ficar no chão, mas precisam estar virados sempre para os músicos.

Retorno

Se o seu objetivo é tornar o cubo apenas um equipamento de retorno então o ideal é colocá-lo de lado no palco. Mas, o equipamento precisa estar de frente para o baixista. Dessa forma, ele irá ouvir o som da melhor maneira possível já que terá menos interferência de outros sons da PA.

Os melhores cubos para baixo você encontra na Piu Shop!